12.04.09

Olá, meu amor.

 

Ontem, ia eu a caminhar, a apreciar as belezas da cidade em que ambos vivemos (de vez em quando esquecemo-nos do que o que nos rodeia tem para oferecer) quando, de repente, senti alguém aproximar-se por trás de mim.

 

"Alguém que quer passar", pensei eu. Até que essa pessoa me tocou no ombro e eu me virei para ver quem era.

 

Eras tu, com o sorriso mais lindo que eu já vi. Há muito que não me parecias tão feliz.

Abraçámo-nos, como é costume. Trocámos palavras que, por vezes, servem apenas para eu poder ficar a olhar, nem que seja por mais um segundo, para esses teus olhos.

 

Disseste-me que ias passar o fim-de-semana fora do país, com o J. e o Y.

Não a mencionaste, pelo que suponho que ela não vai convosco.

 

"Mas fico feliz por te ter encontrado", disseste, "não queria ir-me embora sem me despedir de ti!"

 

Com esse sorriso lindo, esses olhos que mais parece serem capazes de ler-me a alma, e uma declaração dessas... como não hei-de eu estar loucamente apaixonada por ti?

 

Boa viagem, e descansa durante estes diazinhos. Terça-feira, recomeçamos. Até lá, oiço o teu CD, e finjo que me cantas estas canções ao ouvido. Que as escreveste para mim.

 

Vou sentir a tua falta.

 

Amo-te.

 

P.S.: Feliz Páscoa a todos os leitores deste blog.

sinto-me: apaixonada
música: Natural woman
publicado por Amora às 02:18

Eu amo-te. Tu não sabes. Eu nunca terei a coragem de te dizer.
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes
arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO