19.06.09

Olá, meu amor.

 

O tempo passa mais depressa do que imaginamos e, demasiado cedo, chegou o dia das despedidas: três meses longe deste país, três meses longe dos que cá vivem, três meses longe de ti.

 

Eu já sabia que ia acontecer, até já tinha mencionado no blog esta minha decisão de ir para Portugal durante este tempo.

No entanto, não estava à espera de não ter oportunidade de despedir-me de ti em pessoa! Tu também vais aproveitar este tempo para voltar ao teu país e, devido a falta de oportunidade, não trocámos um último abraço. Um último olhar. Ou trocámo-lo mas, por não sabermos que seria o último, não teve metade da intensidade que teria.

 

Telefone e email não são a mesma coisa. Um olhar diz mais que mil palavras e, um abraço... Um abraço diz tudo!

 

Ainda só passaram dois dias e, enquanto tu combates o jet-lag, eu combato as saudades e a sensação de vazio que já vou sentindo.

 

Nunca Outubro levou tanto tempo para chegar.

 

E nunca ouvir a tua voz soar no rádio me doeu tanto.

 

Amo-te.

música: Aquela tua... ;)
sinto-me: com saudades
publicado por Amora às 00:40

Eu amo-te. Tu não sabes. Eu nunca terei a coragem de te dizer.
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes
arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO